Pó de sílica cristalina – os perigos para a saúde e como reconhecê-los

A inalação de pó contendo partículas de quartzo (sílica cristalina) é um perigo para a saúde que, dentre outras coisas, pode conduzir a uma doença ocupacional dos pulmões fatal conhecida como Silicose (conhecida comumente como "asma dos mineiros”). Exemplos onde ocorre a formação de pó de sílica incluem pedreiras, indústrias de areia, cascalho e mineração, fundições, asfalto, a fabricação de cola, tinta e plástico, assim como o processamento de aço e metais. Os sintomas de silicose incluem tosse, febre, falta de ar e cianose (pele azulada).

Ambientes com pó são um grande problema na indústria da construção e algumas medições têm demonstrado que muitos locais de construção superam o limite de exposição ao pó de sílica. Os trabalhadores operando diretamente com cimento no interior de obras podem se proteger com uma máscara, mas o que acontece com os colegas que estão apenas a alguns metros de distância? Eles também estão expostos a pós nocivos. A silicose foi a causa de 46.000 mortes no mundo em 2013, o que representa uma redução tendo em conta as 55.000 mortes em 1990.

O desenvolvimento da silicose crônica demora vários anos. É por isso que os sinais podem não aparecer até vários anos após a exposição. Por isso, implementar medidas preventivas antecipadamente para o ambiente de seus trabalhadores pode salvar vidas!
Veja abaixo uma lista completa dos sintomas:

  • Dispneia (falta de ar) exacerbada pelo esforço
  • Tosse, muitas vezes persistente e por vezes severa
  • Fadiga 
  • Taquipneia (respiração rápida)
  • Perda de apetite e de peso 
  • Dor no peito
  • Febre
  • Escurecimento gradual da pele (pele azul)
  • Rachaduras escuras graduais nas unhas que eventualmente conduzem a quebra pois as fibras de proteína na base das unhas são destruídas

Em casos avançados, pode ocorrer também o seguinte:

  • Cianose, palidez nas extremidades superiores do corpo (pele azul)
  • Cor pulmonale (doença cardíaca do ventrículo direito)
  • Insuficiência respiratória

Fale conosco para saber como podemos ajudá-lo a melhorar seu ambiente de trabalho >>