Filtragem de névoa de óleo

Leis e Regulamentos em Processos de Usinagem

Regulamentos do limite de exposição. Mantenha seus funcionários em segurança.

Os regulamentos estão ficando cada vez mais rigorosos em muitos países com a redução sistemática dos limites de exposição dos funcionários aos fumos, gases e às névoas dispersos no ar. As organizações internacionais de saúde reconhecem a importância da prevenção dos riscos de saúde associados aos fumos e névoas gerados durante o corte de metais e às operações de usinagem. Em muitos países, regulamentos e normas de exposição ISO Limit Value, OSHA PEL e ACGIH TLV são fortemente exigidos para minimizar a exposição dos funcionários.

No Brasil, a norma regulamentadora NR-9 (PPRA) exige a utilização dos equipamentos de proteção coletiva (EPCs) em áreas com risco ambiental. A NR-15 complementa esta exigência definindo os limites de concentração admissíveis para substâncias tóxicas na zona de respiração, como névoa de óleo por exemplo.

Recentemente foi publicada na Alemanha a norma BGI/GUV-I 719, da Instituição Alemã de Seguro Social Contra Acidentes DGUV, disponível para download aqui, que estabelece as principais medidas de prevenção de incêndio aplicáveis às áreas de usinagem, inclusive exaustão e filtragem de névoa de óleo, especialmente quando se utiliza óleo integral.

A Exaustão e a Filtragem são as principais soluções para mitigar a exposição dos funcionários aos fumos e névoas de óleo. As névoas são geradas principalmente pela injeção de líquido refrigerante nas ferramentas de usinagem para lubrificar as superfícies e/ou para refrigerar as ferramentas de corte e a peça que está sendo usinada. Já o fumo, particulado metálico sólido em suspensão, é criado tanto pelas altas temperaturas do processo quanto pela ação mecânica da ferramenta sobre a peça usinada.

Evitar a dispersão das névoas e fumos no ambiente de trabalho, é essencial para reduzir a exposição dos funcionários. O dimensionamento correto da vazão de ar necessária em cada caso, é imprescindível para assegurar a exaustão dos poluentes gerados na usinagem e garantir sua contenção quando os operadores abrem as portas das máquinas CNC para remover peças ou substituir ferramentas, garantindo o sucesso da coleta e o cumprimento dos requisitos de nível de exposição.