Nederman começa a produzir no Brasil filtros para tratamento de poeiras combustíveis

Filtro coletor para poeiras combustíveis produzido no Brasil

Com tecnologia europeia, os filtros possuem certificação ATEX e são utilizados por grandes indústrias do segmento químico, farmacêutico e de alimentos

A Nederman do Brasil, empresa especializada em produtos e soluções para tratamento do ar industrial, passou a produzir em sua sede em Jundiaí (SP), os filtros modulares FMCZ e FMKZ, empregados na exaustão de poeiras combustíveis em industrias como Unilever, Rhodia Solvay, Bayer, Brainfarma, entre outras grandes companhias no País. Antes, os filtros eram importados da unidade da Nederman de Friesenheim - Alemanha.

Os filtros FMCZ e FMKZ fazem parte da família de filtros modulares FM da Nederman e possuem uma versão especial de construção que contam com painéis de alívio de explosão, adequados para trabalho em áreas classificadas EX. A Nederman é uma das poucas empresas do segmento de exaustão industrial que possui certificado como especialista na utilização de tecnologia de construção que atendem as normas ATEX (Atmosferas Explosivas).

A equipe de desenvolvimento de produtos da Nederman do Brasil passou por treinamento na Alemanha, onde fica um centro de tecnologia do grupo. Após três meses de estudos e análises do projeto, o time brasileiro começou a produzir o filtro localmente, contando inclusive com fornecedores nacionais. “A linha FM de produtos é conhecida e consagrada em toda Europa e Américas, graças à nossa interação com time técnico da Alemanha obtivemos todo o knowhow necessário para a produção de equipamentos com a mesma tecnologia lá empregada e deste modo produzir filtros com a qualidade e garantia que possuímos nos outros países, com isso, ganhamos competitividade, menor prazo de entrega aos nossos clientes, além de impulsionar a economia e o mercado brasileiro”, comenta o Eng.º Alexandre Baldini, gestor do departamento de produção da Nederman do Brasil.

A partir desta evolução no portfólio de produtos da Nederman no Brasil, a companhia já fez inclusive entrega dos novos filtros FMCZ e FMKZ. “Outras versões dos filtros FM já são produzidas no Brasil desde 2014 e estão em pleno funcionamento em diversas indústrias do País, contribuindo para que as pessoas, a produção e o meio ambiente sejam protegidos dos efeitos nocivos dos processos industriais” complementa o Eng.º Claudio Visibeli, que atua na coordenação de negócios da Nederman.

CARACTERÍSTICAS DOS FILTROS FMCZ:

  • Design compacto;
  • Sistema de limpeza por pulsos de ar comprimido controlados por diferencial de pressão (standard);
  • Ventilador com características anti-centelhante incorporado ao filtro;
  • Construção modular: módulos adicionais podem ser incorporados para aumento de vazão;
  • Portas de acesso frontais;
  • Bag-in/bag-out disponível (troca dos elementos filtrantes sem contato do operador com o particulado retido);
  • Construção em chapas de aço galvanizado sem soldas e pintadas, adequado para instalações em ambientes externos;
  • Temperaturas de operação até 70ºC;
  • Painéis de alívio de explosão certificados;
  • Sistemas de alívio tipo “backpack” (alívio de explosão direcionado para cima).