Problemas causados pela névoa de óleo na indústria

Névoa de óleo | Nederman

A geração de névoa de óleo é algo comum em unidades de produção onde ocorrem processos de usinagem. Mas, apesar de habitual, a névoa de óleo representa um grande problema para as indústrias, principalmente devido aos riscos de acidentes.

A coleta da névoa e a limpeza do local de usinagem são importantes, devendo-se considerar a implementação de um coletor de névoa ou também conhecido como filtro para névoa de óleo

O que é a névoa de óleo

Conforme o nome sugere, a névoa nada mais é do que uma fumaça mais densa, constituída de óleo, feita por aerossóis do próprio óleo ou da mistura entre óleo e água – estas chamadas de emulsão. 

As emulsões contém cerca de 90 a 95% de água, enquanto o restante é óleo solúvel. Os fluidos de usinagem feitos à base de óleo mineral são também chamados de óleo de corte direto (ou óleo integral).

O que causa esse problema?

O vapor de óleo é formado a partir da utilização do óleo como líquido refrigerante e lubrificante no processo de usinagem. Um processo que, aliás, é muito utilizado na fabricação de componentes de metais e plásticos.

O processo de produção dos componentes, por sua vez, promove uma ação mecânica de pressões, temperatura e altas rotações de bombeamento sobre o óleo. 

O resultado, então, é a geração de partículas suspensas de óleo, que se condensam e entram em contato com as superfícies quentes. Por consequência, as partículas se evaporam e contaminam o ar. 

Problemas decorrentes da presença de partículas de óleo na atmosfera industrial

A névoa de óleo causa prejuízos em todos os níveis. A começar pela contaminação de componentes eletrônicos em equipamentos e máquinas. Isso, de fato, causa paralisações na produção e força a uma parada não programada de manutenção, o que aumenta ainda mais as perdas financeiras. 

Além disso, o próprio ambiente se torna contaminado e oferece maior risco: o piso, por exemplo, fica escorregadio e pode causar sérios acidentes e lesões nos trabalhadores. Portanto, é um problema que implica diretamente em questões como saúde e segurança ocupacional. 

Com o aumento de acidentes e incidentes, mais funcionários entram em licença, atrasando a produção e diminuindo a produtividade da empresa.

Soluções industriais para captar névoa de óleo

A Nederman desenvolveu uma solução eficiente para a coleta e filtragem de névoa de óleo: são os Filtros FibreDrain. Esses filtros são projetados para captação de névoa em operações contínuas e aplicações com altas vazões de ar. 

Em resumo, a tecnologia FibreDrain® oferece o alto desempenho da separação da névoa de óleo, além de maior durabilidade do filtro. 

Os filtros FibreDrain® possuem tecnologia avançada e uma superfície exclusiva de fibra com um tratamento especial que permite a coalescência das gotas coletadas, o acúmulo nas interseções da fibra e, finalmente, sua drenagem por gravidade para fora do elemento filtrante. Essa tecnologia assegura uma eficiência superior mesmo nas condições mais exigentes em operações contínuas.

Veja as vantagens: 

  • O FibreDrain® possui as linhas OMF, OSF e MQL e atende operações contínuas 24 horas por dia;
  • Os filtros, autodrenantes, contam com longa vida útil, com durabilidade de até 2 anos.


Deseja saber mais sobre os filtros com tecnologia FibreDrain®? Então, entre em contato com um de nossos consultores!