Solução de controlo de aerossóis na "Clínica Xceptional" em San Diego, Califórnia

Extração de aerossóis em clínica dentária

Nos primeiros dias da pandemia de COVID-19, a Dra. Janette Larsen sabia que precisava de uma solução eficaz de controlo de aerossóis para manter a sua equipa e os seus pacientes seguros.

Extração de aerossóis na fonte para diminuir a propagação de doenças infeciosas em ambiente dentário

Depois de o COVID-19 ter atingido os EUA em março de 2020, empresas de todo o país tiveram de fechar as portas. Como muitos outros negócios forçados a fechar, a Dra. Larsen decidiu aproveitar esse tempo para obter informações sobre o vírus e como a sua clínica dentária poderia ficar o mais segura possível.

Os profissionais de saúde dentária estão há muito expostos a várias doenças e compreendem a importância dos equipamentos de proteção no controlo de infeções que incluem sempre o uso de máscaras para se protegerem de grandes salpicos de partículas.

A Dra. Larsen formou-se na Escola Dentária, altura em que apareceu a SIDA. Conhecida por ser uma doença transmitida pelo sangue, a SIDA foi gerida utilizando os equipamentos de proteção individual EPI, assumindo efetivamente que qualquer pessoa poderia ser infeciosa.  Equipamentos de proteção como o uso de máscaras cirúrgicas, proteção ocular, luvas e batas tornaram-se um padrão para a prática dentária.

 

 

O COVID-19 apresentou um novo desafio, não tinha cura, espalhou-se por todo o mundo rapidamente e ninguém tinha imunidade. No início da pandemia, houve um grande debate sobre se a transmissão do vírus era transmitida pelo toque em superfícies ou por aerossóis (gotículas grandes e pequenas suspensas no ar). Em todo o mundo houve "especialistas instantâneos" que criaram quase histeria sobre como devia de ser contido. A Dra. Larsen tomou uma abordagem racional, mais abrangente, para lutar contra a propagação e manter a sua prática dentária segura.  A partir de abril, a equipa abordou imediatamente os riscos de transmissão com todos os protocolos conhecidos, nomeadamente a instalação de uma barreira de vidro na receção, desinfeção frequente de todas as superfícies, interruptores, maçanetas e pontos de contacto com desinfetante registado pela FDA, eliminação de revistas, catálogos, sinalização e separação das pessoas dentro da clínica, entre outras medidas.

Mesmo com todas estas medidas preventivas, a Dra. Larsen sabia que todos os consultórios dentários tinham de gerir melhor os seus Procedimentos de Geração de Aerossóis - um desafio que tem vindo a aumentar na medicina dentária devido à utilização de brocas de alta velocidade, jatos de água e destartarizadores ultrassónicos, equipamentos que beneficiam a qualidade e eficiência no tratamento dentário, mas também aumentam os riscos de contaminação e infeção para a equipa e pacientes no consultório.

Apesar das medidas preventivas que os dentistas adotaram para garantir uma higiene adequada e prevenir a propagação da doença, os consultórios apresentam um ambiente difícil de gerir. Sendo o vírus COVID-19 incrivelmente pequeno, é ainda mais difícil, uma vez que muitos dos equipamentos dentários rotineiros, nomeadamente os ultrassónicos e as turbinas de alta velocidade, são claramente Procedimentos de Geração de Aerossóis. O resultado são partículas aerossolizadas que se espalham e permanecem no ar, podendo infetar médico, equipa e pacientes. Este é o ponto crucial da estratégia da “Captura na Fonte” – aonde se procura apanhar o maior número de partículas potencialmente contaminadas logo que estas saem da boca do paciente.

Os EPI são normalmente chamados de "última linha de defesa" e nunca são uma solução completa para uma ameaça viral. A Dra. Larsen fez uma avaliação dos dispositivos de gestão de aerossóis e constatou lacunas na oferta de soluções tanto para a captura dos aerossóis como para a dependência de ter de usar um filtro para a recirculação do ar contaminado para a sala de tratamento. A Dra. Larsen concluiu que precisava de capturar as partículas de aerossóis com uma sucção eficaz e depois reencaminhar para um local seguro fora das instalações. Foi com o equipamento da Nederman, que a Dra. Larsen encontrou a solução para o seu problema.

 

Descubra os benefícios de uma estratégia de controlo de aerossóis a longo prazo

Logo após receber a ordem do governo de encerramento dos serviços, a Dra. Larsen em conversa com a sua equipa concluiu pela necessidade de procurar no mercado uma solução diferente daquelas comercializadas pelos fornecedores de equipamento dentário.

Em maio, à medida que os consultórios dentários reiniciavam os seus serviços, muitos higienistas tinham deixado de exercer esta prática, com medo de serem contaminados com COVID-19 no trabalho. A ameaça da transmissão por aerossóis combinada com a proximidade com pacientes que poderiam estar infetados criou uma situação que deixou muitos dentistas preocupados. O higienista da Xceptional Dental não tinha desistido, mas estava receoso de voltar ao consultório. Tinham instalado e testado o sistema Nederman em cada gabinete, mas mesmo assim não conseguiram convencer o higienista a acreditar nas medidas de segurança implementadas.

Por coincidência, a Xceptional Dental tinha arranjado uma higienista para substituir o higienista receoso, enquanto reiniciavam os serviços regulares. Esta higienista temporária ficou tão impressionada com as medidas adotadas pela Dra. Larsen para o controlo de infeções e com o sistema Nederman, que agora é a higienista a tempo inteiro para a Xceptional Dental.

Como parte da gestão de aerossóis, na clínica substituíram todos os filtros dos sistemas de Aquecimento, Ventilação e Ar Condicionado (AVAC) por filtros de eficiência HEPA.  Embora os sistemas de ventilação do AVAC ajudem a purificar e capturar algumas partículas infeciosas filtrando o ar circulante, não eliminam aerossóis na fonte e potencialmente distribuem o ar contaminado pelas instalações. A Dra. Larsen e a sua equipa perceberam que sem o equipamento de Captura na Fonte da Nederman, as pessoas na sala e em toda a instalação podem entrar em contacto com aerossóis antes de serem extraídos.

Por último, mas provavelmente o mais importante, os pacientes da Xceptional Dental comentaram como o sistema da Nederman e outras medidas de prevenção criaram uma sensação de segurança que realmente apreciam. O escritório está localizado numa zona de empresas do sector tecnológico e muitos dos seus pacientes são técnicos qualificados que entendem o valor da Captura na Fonte que reduz significativamente partículas contaminantes no ar, de forma a melhorar a ventilação e reduzir a probabilidade de infeção. A Dra. Larsen informou que não houve uma única incidência de pacientes que se sentissem desconfortáveis com a proximidade do braço de extração da Nederman, pelo contrário.

 

Excelente solução para o médico dentista, equipa e pacientes.

Clínica Xceptional Dental instala braço extrator FX2 ao lado da cadeira do paciente para extração de aerossóis.

 

Braço extrator FX2 Nederman uma solução estética, suave e durável no controlo de aerossóis

No início do surto COVID-19, a Dra. Larsen e o seu marido, um engenheiro mecânico, procuraram informações sobre todos os tipos de sistemas de gestão de aerossóis.  A sua rápida avaliação foi a de que o problema era demasiado importante e difícil de resolver com uma caixa de extração a ser comercializada apressadamente em todas as revistas e fornecedores de equipamento dentário. Estas unidades autónomas não conseguiam resolver o problema básico de manter o caudal de ar suficiente, satisfazendo os outros requisitos. Queriam uma solução que fizesse o trabalho de controlo de infeções enquanto satisfaziam vários desafios, nomeadamente:

1. O sistema de extração deve ter um caudal elevado para capturar as partículas grandes e pequenas provenientes dos procedimentos de aerossóis que podem ser a fonte de infeções COVID-19 e outras ameaças futuras.

2. Deve ser de qualidade industrial para se manter durante o trabalho contínuo de um consultório dentário, mas deve ser atraente e não parecer completamente desfasado da estética das salas de tratamento.

3. O ruído criado pelo caudal elevado não pode ser desconfortável para os pacientes e para a equipa. O antigo slogan da Xceptional Dental era ' Uma Experiência Dentária Calma e Confortável'. Com o novo equipamento e todas as outras medidas de proteção o slogan passou a ser 'Uma Experiência Dentária Calma, Confortável e Segura'.

4.  As condutas, os ventiladores e os equipamentos elétricos devem ser instalados fora das salas de tratamento existentes e estar quase isentas de qualquer manutenção especial. Isso só foi possível com a seleção de equipamentos e instalação personalizada.

A Dra. Larsen colocou a si própria esta simples questão: "Que outra indústria no mundo utiliza o método da Captura na Fonte para a extração de poluentes do ar?"  A resposta, agora óbvia, é olhar para fora das soluções dentárias e médicas típicas.  Uma pesquisa rápida levou a identificar a Nederman como o fornecedor de sistemas de extração para processos industriais como a soldadura, manuseamento de químicos e outras situações perigosas. Muito rapidamente tornou-se evidente que o sistema de extração seria baseado no braço de extração Nederman FX2.

O braço de extração FX2 é projetado para funcionar como uma solução de longo prazo para a eliminação de aerossóis com um design estético, suave e durável que se adequa ao consultório médico. O braço FX2, que pode ser montado na parede ou no teto, foi adaptado com montagem no chão junto à cadeira do paciente. O braço é fácil de posicionar, estender e retrair porque é altamente flexível e pode girar 360º. A campânula pode ser posicionada de forma segura e adjacente à boca do paciente, sem obstruir quaisquer procedimentos dentários.

Quando a Dra. Larsen viu o braço de extração FX2, ficou impressionada com muitas das suas características. Em primeiro lugar, não necessitava de manutenção de filtros, ao contrário de uma caixa de extração onde o filtro tem de ser substituído frequentemente de forma a garantir uma boa eficiência.

O braço FX2 foi projetado de tal forma que funciona dentro da complexa sala de tratamento. Montado no chão, não obstruiu o caminho de nenhum dos seus funcionários durante os procedimentos dentários normais. Esta é uma diferença fundamental entre o braço FX2 e outros sistemas de extração móvel, que requerem máquinas grandes e barulhentas, ocupando espaço no chão o que torna o paciente ainda menos confortável.

O que a Dra. Larsen mais gostou no braço de extração FX2 foi que ficou integrado no ambiente dentário. Visualmente, não lembra aos pacientes os aerossóis potencialmente perigosos que a máquina foi desenhada para extrair. Os pacientes não se sentem desconfortáveis porque o braço FX2 extrai caudal de ar com baixo ruído uma vez que os motores e ventiladores são montados no exterior do edifício.

"A solução não pode parecer assustadora", disse a Dra. Larsen. "Os doentes já estão cheios de medo e ansiedade. Pensei em como os pacientes claustrofóbicos se sentiriam com equipamento no chão intrusivo. Eu queria uma solução para extração de aerossóis que não os assustasse." Quando viu o braço de extração FX2, pensou: "Oh, isto parece bonito."

Depois da Dra. Larsen ter contactado a Nederman, um representante ajudou-a a encontrar a solução ideal para montar o braço, assim como para completar a instalação. A Nederman entende que a instalação do braço FX2 é de natureza técnica e requer alguém com formação adequada e é por isso que a Nederman e os seus parceiros são profissionais de ar limpo treinados para instalar e configurar corretamente o braço adequado à sua clínica.

 

Braço FX2 para extração de aerossóis - um sinal claro de segurança reforçada

Após a instalação do braço de extração FX2, a Dra. Larsen teve um pequeno período de adaptação exigindo alguns ajustes mínimos, como colocar a bandeja de dentista para a esquerda e não para o outro lado da cadeira do dentista. A sua equipa pôde retomar os seus processos diários de tratamento e cuidados aos pacientes.

Com o braço de extração FX2 instalado, a Dra. Larsen e a sua equipa começaram a sentir-se mais seguros em ir trabalhar todos os dias. A nova higienista do consultório adora o braço FX2 e na verdade, é a maior fã.

"Capturar aerossóis e aumentar a ventilação. É como ter uma janela aberta mesmo ao lado da boca", disse a Dra. Larsen. "Se eu pudesse fazer medicina dentária no exterior, esta é a solução mais próxima. Traz o exterior cá para dentro”.

O design eficiente e discreto do braço FX2, proporcionou à Dra. confiança que irá ter proteção não só do COVID-19, mas também de outras doenças contagiosas e doenças como a gripe.

A Dra. Larsen também reparou que o braço de extração FX2 ajudou a mudar a perceção dos seus pacientes em relação aos dentistas. Antes, os pacientes não notavam as medidas preventivas que a Dra. Larsen e a sua equipa tomaram para manter o escritório seguro. No entanto, a instalação do braço FX2 foi um sinal claro para os pacientes que a Dra. Larsen colocou a segurança e o conforto acima de tudo.

"Os pacientes dizem que se sentem seguros e ficam à vontade para voltar", disse a Dr. Larsen: "Eles realmente gostam".

 

 

Procura uma solução de controlo de aerossóis? Contate-nos, temos uma equipa à sua disposição para o ajudar.